Comunicado aos Militantes

 

Camarada,


É com enorme orgulho e sentido de responsabilidade que assumo a presidência da Comissão Política da Secção de V.N. de Famalicão do Partido Socialista. E, antes de qualquer tomada de posição pública, quis dar a conhecer a decisão àqueles que são a base do PS: os seus militantes.


Faço-o, em cumprimento dos Estatutos do PS, após a saída do camarada Nuno Sá, a quem, para além de uma forte amizade, reconheço a dedicação e trabalho político em prol da nossa Secção. Mas, fundamentalmente, faço-o após auscultar a Comissão Politica, na qual propus, com clara aceitação, um caminho a seguir até 2017 assente em três premissas fundamentais:


- Assumirmos, no seio da actual Comissão Politica, um compromisso politico alargado, deixando de lado divisões e a discussão do PS na praça pública, e focando-nos num plano estratégico e politico concertado e abrangente;
 
- Chamar à participação e à primeira linha da acção politica uma nova geração de quadros políticos do PS, aliada à experiência e dedicação de militantes que ajudaram a construir o PS de hoje, com a preocupação sincera de não deixarmos ninguém de fora do trabalho político;
 
- Preparar, atempada e alicerçadamente, uma candidatura autárquica do PS em 2017, capaz de se constituir uma alternativa séria e credível à actual maioria PSD/CDS. 


Até 2017, teremos pela frente um trabalho árduo, mas aliciante, e não só no plano autárquico: Juntos temos de assumir a ambição de obtermos em Famalicão grandes resultados para o PS nos dois próximos actos eleitorais, concretamente, as eleições legislativas ainda neste ano de 2015 e as presidenciais, que decorrerão em 2016.

O caminho a trilhar, quer no plano interno com a assumpção de compromissos políticos alargados, perenes e sustentados, quer no plano externo, com a conquista da confiança dos famalicenses, é exigente, requer tempo e passos firmes. Mas sinto que, definitivamente, estamos prontos para o desafio.

Abraço amigo,
Luís Andrade Moniz